capa blog car

O que é o carsharing? Descubra tudo sobre esse serviço!

Você já ouviu falar em carsharing? Traduzindo o termo em português significa “carro compartilhado” e é utilizado para designar as empresas que alugam veículos por algumas horas para pessoas dirigirem.

Muito comum na Europa, o carsharing está começando a se tornar popular no Brasil por unir custo-benefício aos condutores, além de ajudar o trânsito a funcionar melhor.

Atualmente, várias empresas já trabalham com a modalidade, inclusive companhias de gestão de frota. Continue lendo o artigo e saiba mais sobre o assunto!

banner blog

O que é o carsharing?

Imagine a seguinte situação, você, condutor, precisa de um veículo apenas um dia da semana para se locomover a um compromisso. Por isso, sempre que você solicitar por um aplicativo em seu smartphone, um carro de sua preferência com gasolina no tanque é reservado para seu uso. Esse é o conceito do carsharing, um serviço de aluguel de carros por um período de horas.

O carsharing pode ser feito de empresas para clientes, como também de pessoa física para pessoa física. Por exemplo, para os donos de veículos que usam seu veículo poucos dias na semana há possibilidade de alugar nos outros. Assim o carro não fica parado na garagem e ainda gera uma renda extra.

Para contratar o serviço de carsharing é possível entrar em contato com empresas próprias que já funcionam no Brasil, muitas utilizam aplicativos de smartphone para realizar a locação. Em que, é possível escolher o modelo de carro e definir dia e horário para uso, por um valor a ser determinado por cada empresa.

Como ele surgiu

De acordo com uma reportagem feita pelo Estadão, a ideia de compartilhar um mesmo carro entre vários motoristas surgiu em Zurique, na Suíça. Em 1948, uma cooperativa decidiu realizar a compra de um carro para que várias pessoas pudessem utilizá-lo.

Nos anos 80 outras ideias parecidas surgiram e ganharam força, impulsionando o carsharing para a sociedade. Para se ter ideia, naquele ano já eram registradas mais de 200 empresas que ofereciam o serviço nos países europeus.

A palavra “carsharing” veio do conceito americano, de utilizar o carro como um serviço: “car as a Service” em português “carro como serviço”.

Leia também: Aquaplanagem: o que é e como evitar essa situação ao dirigir

Qual a diferença entre carsharing e carpooling?

Com a ideia de compartilhar veículos, outro termo surgiu e tornou-se popular: o carpooling. Há muitas pessoas que confundem um serviço com o outro, portanto vamos mostrar as diferenças entre eles.

Como explicamos anteriormente, no carsharing o cliente aluga um veículo pela quantidade de horas. Podendo ser uma empresa que oferece o serviço ou uma pessoa física, com veículo próprio que não o utiliza com tanta frequência.

Já o carpooling consiste no compartilhamento de um automóvel junto as despesas entre vários passageiros, os quais estão indo para um mesmo destino ou fazem o mesmo trajeto. Exemplo: colegas de trabalho de uma mesma empresa que moram próximos ou amigos que vão viajar juntos para praia em um final de semana.

Para não haver confusão entre os dois tipos de compartilhamento é fácil, só lembrar que o carsharing é alugado por várias pessoas. Mas o carpooling possui apenas um dono, que divide as despesas entre os demais passageiros para chegar a um destino ou passar por um mesmo trajeto em comum.

Vantagens de utilizar o sistema carsharing

A utilização do sistema de carshing além de ser uma alternativa no trânsito, também traz vários benefícios, tanto à mobilidade urbana quanto para quem o utiliza. Reunimos algumas delas, confira:

Auxilia na sustentabilidade

Pode parecer estranho, mas sim, o carsharing auxilia na sustentabilidade. Como o serviço é usado pontualmente, reduz o impacto de carros circulando diariamente e produzindo gases poluentes ao meio ambiente nas grandes cidades. Sendo assim uma alternativa positiva também na questão ambiental.

Economia nos gastos

Ter um carro implica também ter gastos como: combustível, seguro, IPVA, entre outros. Ao optar pelo carsharing parte dessas despesas somem, pois apenas ficam o valor do aluguel do veículo. Muitas empresas já colocam incluso nos valores o combustível. Dessa forma, no final do mês os gastos diminuem e são otimizados para utilizar o carsharing apenas quando há necessidade.

Melhora o trânsito

Assim como usar o carsharing diminui os gastos envolvendo veículos, como combustíveis e documentações necessárias, esse serviço também auxilia no trânsito.

Como o carsharing é utilizado em ocasiões pontuais e não diariamente pelas mesmas pessoas, acabam diminuindo o número de carros nas ruas.

Com um menor número de veículos circulando diminui a chance de acidentes, de forma  que o trânsito flui melhor, sem gerar também engarrafamento em horários de pico.

Proporciona a prática da cultura colaborativa

Como o veículo a ser utilizado não é de posse da pessoa e sim de uma empresa, há todo o cuidado necessário ao conduzi-lo para viver sua experiência. De modo a quando for o momento de fazer a devolução, fornecer o veículo em bom estado ao dono original assim como o encontrou.

Esse conceito acaba fazendo parte da cultura colaborativa, em que há mais valor na experiência proporcionada do que na posse do objeto. Por exemplo, no Brasil existe a cultura de posse, de que toda pessoa deve possuir um carro.

Ao utilizar o carsharing você sai desse ciclo, entrando também em uma economia compartilhada e tem como benefício o uso do veículo para ajudar a realizar ou viver outras experiências no seu cotidiano.

Saiba mais sobre: AWD e 4WD: entenda a diferença entre tração de cada sistema

Carsharing no Brasil

A cultura do carsharing é bem difundida nos países do exterior, principalmente na Europa, em que foi o berço. Mas, durante os últimos anos em algumas cidades brasileiras começaram a surgir empresas oferecendo o serviço de mobilidade.

Empresas que oferecem o serviço

Entre as empresas que oferecem o carsharing no país, temos como liderança no segmento a Turbi. Trabalhando e competindo com essa empresa, também encontramos a Beep Beep e Velo-City.

Com a pandemia do coronavírus e a questão dos sistemas híbrido e home office, a demanda por carsharing teve um aumento em alguns países, como a Austrália, segundo o G1. Com esse crescimento, a expectativa no Brasil é que também futuramente o uso do carsharing chegue a mais pessoas em nosso país.

Principais dificuldades do sistema atualmente

Assim como qualquer projeto novo, implantar o carsharing como serviço no Brasil também enfrenta algumas dificuldades. A primeira é a cultura de posse enraizada no país, em ter de comprar e possuir um veículo.

Mas, entre outros entraves no caminho estão: contar com mais empresas que trabalham nesse sistema, além de maior oferta de carros nas diversas capitais brasileiras em conjunto com uma condição acessível do serviço.

Outro ponto é a forma como o veículo deve ser devolvido. Atualmente, as empresas do segmento solicitam que o motorista devolva o carro no mesmo lugar que alugou. Nos outros países existem diversos “pontos”, em que é possível realizar a devolução do veículo, facilitando o trajeto do cliente e otimizando seu tempo.

Blog capa

Conclusão

O sistema de carsharing traz vários benefícios, tanto a quem o utiliza quanto à sociedade e ao meio ambiente. Assim como Uber, Ifood e outros serviços, é questão de tempo e costume para que essa opção de mobilidade colaborativa fique cada vez mais comum no nosso cotidiano.

Assim que as principais dificuldades passarem a ter uma solução, o carsharing se tornará mais uma opção para facilitar nossas vidas em conjunto com a mobilidade.

#Combustível, #frota, gestão de frota, lw tecnologia, transporte


Redação LW Tecnologia

O conteúdo publicado e postado no blog é produzido pela equipe de marketing digital da LW Tecnologia. A qual conta com especialistas para abordar os assuntos da melhor forma possível aos seus leitores.


Desenvolvemos uma nova maneira de visualizar, gerir e pagar os débitos veiculares recebidos pelas empresas. Através da tecnologia automatizamos a sua gestão.

Endereço
Rua XV de Novembro, 621 – 2.º andar | Centro, Curitiba – PR, 80020-310

Telefone
+55 41 3501-8315